LUTO: Nota de pesar pelo falecimento de Alison Bernardo de Oliveira

A Rádio S.U. comunica com pesar o falecimento do fundador e proprietário da Rádio S.U. Conselheiro, produtor, editor e sonhador de grandes serviços prestados à S.U. desde 2009.

Facebook Twitter Google+

A Rádio S.U. comunica com pesar o falecimento do fundador e proprietário da Rádio S.U. Conselheiro, produtor, editor e sonhador de grandes serviços prestados à S.U. desde 2009.

luto-alison

Alison era de Barbosa Ferraz, cidade próxima à Maringá, no interior do Paraná, onde atualmente residia. Em Curitiba e por onde passou, eternizou seu nome, deixando um legado intraduzível.

A Rádio S.U. se solidariza neste momento de dor com todos os familiares de Alison Oliveira, ao mesmo tempo que agradece por todos os momentos de extrema dedicação deste grande visionário que deixará em todos os seus amigos e colaboradores um sentimento de grande saudade.

"Paixão. Uma palavra que define muito bem o que fazemos por aqui."

Esse era o lema da Rádio S.U. que há 7 anos, foi fundada por um nerd apaixonado por música sertaneja. Alison Oliveira, uniu à sua paixão com seu talento, realizando junto com seu sonho, o sonho de tantas pessoas.

Alison foi responsável pelo trajeto de luz de muitos artistas que hoje conhecem o holofote de um palco e um show lotado. Trouxe grandes músicos, compositores, produtores e ídolos ao conhecimento infindável que a internet é capaz de abranger.

Entre tantos ídolos que passam pela Rádio S.U. essa com certeza é a de dor mais lastimável. Alison é o verdadeiro ídolo por trás da Rádio S.U. e entre tantas pessoas que tiveram o prazer de conhecê-lo.

Talvez, Alison não tivesse ideia da proporção em âmbito universal que seu sonho tenha tomado. A Rádio S.U. tem ouvintes em todos os cantos do país e até fora dele. E no último sábado, dia 27 de Fevereiro de 2016, a dor intraduzível da perda do querido Alison, toma a mesma proporção.

"Aôôô potência!" bordão muito utilizado por Alison entre uma transmissão ou outra, hoje, tem a potência de um silêncio ensurdecedor.

Recomendado